Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

It takes two to tango

Porque o que um não quer, dois não fazem.

It takes two to tango

Porque o que um não quer, dois não fazem.

Às vezes, é só o que é

A propósito de uma situação que me aconteceu, falava com uma amiga e ela dizia-me que o desfecho era uma merdinha. Respondi-lhe que não. Era só o que era. Nos últimos anos de amores e desamores aprendi que as coisas são só o que são. Se eu não quero estar com uma pessoa (ou nenhuma), seja por que motivo for, é o que é. E o mesmo no reverso da medalha. Se não querem estar comigo, independentemente do motivo... é o que é. Pode ser chato e triste, ok. Mas é o que é. Não é uma merdinha, não é uma bosta. Não voltará mais a ser um demónio. É o que é. Preto no branco.

 

Sobre as Capazes

Quando tantos elementos do sexo feminino se escondem atrás do conceito de feminismo para destilar veneno e expurgar frustrações e recalcamentos, esmagando e amassando o sexo oposto a cada oportunidade eu não posso considerar que me representem, nem tão pouco lhes dou créditos ou voz para que falem em meu nome.

Sou mulher feminista, que defende direitos iguais, que defende a não discriminação em função do género, que defende uma sociedade em que o facto de ser homem ou mulher se torna secundário quando falamos de oportunidades.

As capazes não são feministas. As capazes parecem-me recalcadas e, honestamente, mal resolvidas.

Dos desafios

Tenho-me proposto vários desafios. Quer sejam lançados por vós, nessa blogosfera fora, quer sejam decisões pessoais. A verdade é que não consigo acabar nenhum. Isto porque há mil outras coisas que se (me) metem na vida, que não tenho tempo, ou porque o compromisso que lhes tenho não é assimtão grande. É verdade, falta-me disciplina. No fundo, é isso.

Andava eu de volta do blog e encontrei um post meu de 2014 em que assumia o desafio das 101 coisas em 1001 dias. Tendo em conta os cálculos, o dito terminava a 14 de maio de 2017. Nunca mais me lembrei dele... façamos o balanço:

 

101 em 1001

  1. Fazer uma passagem de ano em minha casa com os amigos todoooos.
  2. Acabar de decorar a minha casa; (entretanto também mudei de casa....)
  3. Acabar/fazer o mestrado;
  4. Converter este estágio num trabalho definitivo :D
  5. Ir a Paris
  6. Voltar a cantar
  7. Cortar o cabelo (que se note)
  8. Comprar uma TV nova cá para casa
  9. Comprar um sofá novo (que seja à prova de gatos e cães)
  10. Visitar velhos amigos
  11. Almoçar/Jantar com velhos amigos
  12. Ler um livro por mês (mínimo) (0/21)
  13. Fazer um curso de Alemão
  14. Fazer um curso de Francês
  15. Ir a Cuba
  16. Escrever mais no blog
  17. Voltar ao Algarve
  18. Ir à Serra da Estrela
  19. Voltar a Londres
  20. Ser turista em Lisboa - Roteiro Fernando Pessoa
  21. Passagem de ano fora de Portugal
  22. Não me meter na bolha do Baby
  23. Fazer um amigo novo
  24. Fazer um pic-nic
  25. Tirar férias com o baby
  26. Fazer exercício físico todos os dias - no excuses!!
  27. Ir ao Plateau matar saudades
  28. Fazer uma maratona de clássicos da Disney
  29. Ver Fall Out Boy e/ou ADTR ao vivo
  30. Fazer depilação definitiva
  31. Fazer uma roadtrip
  32. Um mês sem álcool
  33. Mudar hábitos alimentares
  34. Acabar a colecção dos livros da Guerra dos Tronos
  35. Ir à Feira do Livro
  36. Recuperar os meus livros emprestados
  37. Fazer voluntariado
  38. Fazer uma sardinhada com amigos
  39. Passar um dia com os avós
  40. Ir a quatro praias fluviais (0/4)
  41. Agarrar no carro e sair sem destino
  42. Criar uma poupança
  43. Passar uma Festa do Avante! sem turnos
  44. Saltar de para-quedas
  45. Fazer wakeboard
  46. Fazer qualquer coisa de diferente todos os fins-de-semana
  47. Ir ao cinema
  48. Fazer um quadro com as fotos dos amigos
  49. Fazer um projecto DIY
  50. Ter uma planta em casa (e não a matar)
  51. Treinar o Zé
  52. Cumprir o squat challenge
  53. Acampar com amigos
  54. Conhecer quatro bandas novas (0/4)
  55. Experimentar pole dance
  56. Finalmente, cafezar com a Tati
  57. Fazer a vontade ao Baby e comer sushi uma vez por mês
  58. Ver Breaking Bad
  59. Ver todos os filmes da lista do Espresso "50 filmes que toda a gente deve ver"
  60. Oferecer flores às avós.
  61. Comprar uma mesa e cadeiras lindonas para o pátio
  62. Fazer um bolo para o lanche
  63. Não beber café durante um dia inteiro (eu sou viciada em café!!)
  64. Construir a minha biblioteca jurídica
  65. Tirar fotografias com o B.
  66. Oferecer um presente ao B, só porque sim.
  67. Ir ao Jardim Zoológico
  68. Jantar fora com o B.
  69. Ir a um festival de verão (A Festa não é um festival de verão, não conta)
  70. Passar um fim-de-semana fora só porque sim.
  71. Reorganizar os blogs que leio
  72. Escrever sobre mais temas
  73. Manter a minha agenda organizada
  74. Sorrir, no jarro, todos os dias.
  75. Fazer um relatório de actividades no trabalho e mantê-lo actualizado
  76. Chegar todos os dias a horas
  77. Dormir 8 horas por dia, durante um mês
  78. Beber, pelo menos, 1,5l de água por dia
  79. Tomar o pequeno-almoço todos os dias (ok, eu sou aquela pessoa que acorda sem fome e precisa de 1 hora para comer)
  80. Comprar uma cama a meu gosto
  81. Comprar cortinados para o meu quarto
  82. Comprar candeeiros giros para o meu quarto e para o quarto de visitas/escritório.
  83. Comprar o quadro do IKEA que me persegue, para o quarto de visitas/escritório
  84. Trazer os meus Livros todos da Santa Terrinha.
  85. Comprar molduras giras para as fotografias aqui de casa
  86. Comprar almofadas para o sofá
  87. Comprar a capa de edredon mais linda do mundo que está na primark
  88. Comprar lanternas de decoração no ikea
  89. Tomar um banho de espuma, enquanto leio um livro e bebo um copo de vinho (à filme, porque merecemos)
  90. Comprar um espelho novo para a casa de banho
  91. Comprar uma arranhador grande para as gatas
  92. Levar o gordo a uma praia 
  93. Estar com os meus avós no aniversário deles
  94. Ir a um spA
  95. Comprar cadeiras novas para a cozinha
  96. Comprar uma tenda nova
  97. Acabar de pagar o meu carro!
  98. Pendurar os quadros que tenho por pendurar desde sempre
  99. Passear com a minha Paquica
  100. Ir às compras sem limite de dinheiro para gastar... vá, com um limite mais alto do que o normal.
  101. Fazer um scrapbook destes 1001 dias, com fotos e tudo e tudo, e manter-vos actualizados

 

Nem o raio do banho de espuma... valha-me santa engrácia.

Soma e segue

A minha depressão pós-salário-que-nem-o-vi continua, e acentua a parca vontade de estar aqui a trabalhar. Sinto-me enganada, parece que me venderam gato por lebre. E até que foi.

Sinto falta de uma equipa e da sensação de ter tudo sobre controlo que me abandonou quando me começaram a chamar para "enxer chouriços" em coisas que não têm nada a ver com a minha área. Juro-vos.

Vejam lá que até já acompanho assinaturas de acordos comerciais. Sou de RH. Igualinho, não é? Tempo precioso que me é roubado sem dó nem piedade do meu dia de trabalho, tão essencial para que eu, sozinha e única no mundo deste departamento desta empresa possa fazer as coisas certinhas.

Por isso segue a depressão/desânimo e continuo a papar o blogue que descobri esta semana.