Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Manifesto da Garota

"Desabafos resultados de fraquezas", música, politiquices, opiniões gratuitas e posts sem conteúdo. Acima de tudo, vida, muita vida!

O Manifesto da Garota

"Desabafos resultados de fraquezas", música, politiquices, opiniões gratuitas e posts sem conteúdo. Acima de tudo, vida, muita vida!

A ti.

Tu sabes que não foste planeado, não estavas previsto, não era para aconteceres… não era para acontecermos.

E isto é complicado… e é muito, é demasiado. E é bom, foda-se, é bom. E ninguém quer perder o que é bom. Há muito, demasiado tempo, que não me sentia tão bem, e sinto. É fácil. Isso, é fácil estar contigo, estarmos os dois. E é bom. E há muito, demasiado tempo que nada era tão bom.

 

E eu fui brutalmente sincera contigo… se calhar não o devia ter sido. Calma… a questão é que agora ele é mais fantasma teu, que meu. E não, talvez não tenha passado… mas certo é que desde que tu apareceste diminuiu tanto… mas tanto, que tudo o que leste e te deixou tão inseguro foram situações esporádicas e concretas. Mas que me moeram. E atormentaram, sim.

 

Não serei hipócrita e nunca mentirei a mim mesma. O Garoto foi uma pessoa de extrema importância. É essa a realidade. E claro que me baralhou o sistema todo o facto de, do nada, de repente, ele me ter voltado a falar. E baralhou também o facto de ele ter feito referências a um dia que está marcado, para o bem ou para o mal, com memórias minhas e dele.

 

Mas também não menti a mim e a ti, quando disse que tinha a certeza disto, e de nós. Tenho. Porque se não tivesse não fazia um terço do que já fiz. Porque se não gostasse de ti tanto, mas tanto, que não sei muito bem para onde me virar agora, isto também não doía um terço do que está a doer.

 

Nunca te pediria para fazeres uma escolha. Muito menos entre mim e outra pessoa. Não sou assim… não aceitaria nunca que mo fizessem, seria incapaz de o fazer a outros. Mas tens razão quando dizes que estou queimada. Estou. E desculpa-me se não acho que essa tua (vossa) seja normal. E desculpa se não sei lidar com isso. E se não guardo as coisas que tenho para dizer…

 

Não quis nem quero pôr-nos em risco, mas percebo essa tua necessidade de pensar. Ainda assim, preciso de te esclarecer que não, não andei a partilhar pizzas com “o tal”. Partilhei com um grupo de colegas de trabalho. E sim, estamos juntos, todos os dias, porque tem de ser.

 

E, acima de tudo, gosto de ti. E do que temos. Gosto de nós. Gosto de mim contigo e do bem que me fazes. Gosto de dormir agarrada a ti, e do teu sorriso… e de passear contigo e passar dias na cama… Gosto mesmo. E não troco isso por mil garotos. Nunca.

 

Beijos

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.