Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Manifesto da Garota

"Desabafos resultados de fraquezas", música, politiquices, opiniões gratuitas e posts sem conteúdo. Acima de tudo, vida, muita vida!

O Manifesto da Garota

"Desabafos resultados de fraquezas", música, politiquices, opiniões gratuitas e posts sem conteúdo. Acima de tudo, vida, muita vida!

First meltdown.

Ontem recebi a primeira prestação do subsídio de desemprego, da minha vida. Entrei em choque. Fiz todas as contas que possam imaginar. Acenei com a cabeça e pus-me à procura de uma casa mais barata. Em Lisboa não há. Ou melhor... há, mas a minha mobília não cabe lá... porque são cubículos.

 

Hoje, entrei em modo desespero. Mandei CVs para onde me foi possível, baixei a fasquia e saí da minha área. Concorri a várias posições como administrativa. Comecei a procurar estágios numa área que nunca me fascinou... e na Santa Terrinha. 

Procurava e caiam-me as lágrimas. Porque este valor de subsídio me vai trazer muitas dores de cabeça. Porque as minhas contas têm que ser pagas em deterimento de outras coisas. Porque não sei quando vou conseguir ir visitar a minha família e amigos com estas migalhas, porque não quero voltar para a Santa Terrinha mas começo a ver que não me sobram muitas opções... Porque nunca quis advocacia e vejo que não tenho outra saída.

 

E choro e choro. Porque estou cansada de estar em casa, desta falta de rotina que já é o meu dia-a-dia. Do levantar tarde, porque não há motivo para levantar cedo. Não fui feita para isto. E não me agrada esta incerteza. Não me agradam também as opções que se me abrem. 

 

Hoje estou triste e com vontade de mandar isto tudo para um certo sítio.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.