Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Manifesto da Garota

"Desabafos resultados de fraquezas", música, politiquices, opiniões gratuitas e posts sem conteúdo. Acima de tudo, vida, muita vida!

O Manifesto da Garota

"Desabafos resultados de fraquezas", música, politiquices, opiniões gratuitas e posts sem conteúdo. Acima de tudo, vida, muita vida!

Já tenho como ir para casa!

Quando disse ao meu pai que ia viver para a Aldeia ele entrou em pânico. Porque ia estar longe de tudo e todos, ai que se me acontecesse alguma coisa estava sozinha, ai de mim, ai de ti, ai de todo o mundo. Disse-lhe que não. Que ia viver para a casa do lado de dois grandes amigos e que estaria em boas mãos, caso precisasse. Até porque, na altura, ele estava no Brasil e de pouco me valia viver no centro de Lisboa quando os meus avós não tinham como me socorrer se precisasse de alguma coisa. Pior, tinha menos gente aqui, do que na aldeia, se precisasse.

 

E é o que acontece hoje. Sem forma de regressar a casa, porque estou sem carro e, nisso, Lisboa é melhor (Claro!) que a Aldeia, liguei para o meu vizinho, que me disse logo para eu não me preocupar sequer em sair mais cedo, que me vai buscar à estação. E assim é. Amizades destas valem ouro. E eu tenho poucos, mas tenho os melhores amigos do mundo.